Novas avaliações com a equipe do Einstein marcam o quinto episódio do Encontro de Gerações

Falta pouco para as participantes do Encontro de Gerações cumprirem suas metas de terminar a K21 Maresias, corrida de montanha no litoral de São Paulo. Neste episódio, elas voltam ao Hospital Israelita Albert Einstein para consultas com os especialistas e passam por novas avaliações sobre o rendimento de cada uma.

Além do bate-papo com o corpo clínico do Einstein, a motivação entre elas é destaque, mesmo com cada uma vivendo a sua rotina normal. Pela internet, as quatro conversam, trocam experiências, “pagam” os treinos do dia e se mantêm firmes e fortes na caminhada do desafio pessoal de superar seus desafios. “Quando a gente tem um objetivo muito pontual a gente consegue e quando uma vai motivando a outra fica mais fácil ainda”, explica a cardiologista Luciana Diniz, do Einstein.

“Pessoal do Desafio, só para avisar vocês que são exatamente 8h35 (da noite) e eu acabei de chegar do trabalho. Eu tô acabada, mas compromisso é compromisso”, esbanjou confiança a Fran Souza, 49 anos, em uma das postagens. Ela também celebrou um feito cotidiano dos mais importantes para a mudança radical na qualidade de vida. “O que está na minha mão eu consegui resolver. Não tem mais, não vou dizer porcaria porque é feio, mas não tem mais aquelas coisas gostosas na minha casa”, brincou.

 

Troca de mensagens entre as quatro participantes do Encontro de Gerações

O entusiasmo é tão grande que teve gente empolgada demais e que levou um baita susto. “No meu último treino longo eu senti um pouco de dor na parte do tendão do joelho direito”, relatou a Marina Pinheiro, 33 anos, atleta com a maior distância a percorrer na prova, no consultório do doutor Mário Ferretti, ortopedista do Einstein. “Eu acho prudente a gente fazer uma ressonância magnética para saber exatamente o que está acontecendo. Ela está com uma dor no joelho que coloca um ponto de interrogação de como vai ser erra prova dela”, completou o ortopedista ao avaliar Marina.

Marina durante o exame quinze dias antes do grande desafio

Se uma das meninas precisou de um cuidado extra com uma lesão, a mais jovem entre as quatro pode comemorar, pois teve regredido o problema no tornozelo direito. “O que eu estava mais preocupada era com o meu pé e eu já estou mais tranquila porque o médico viu que fisicamente estou bem, viu o exame e viu que não houve uma lesão extra por causa dos treinos”, comemora a Milena Pinheiro, que disputará os 5K.

E mais gente tem motivos para comemorar nesse episódio. A Jurema da Silva, nossa atleta mais experiente, fez um relato sobre a perda de peso e o sorriso no rosto entrega todo o entusiasmo da mudança no seu corpo e a expectativa pela superação de fechar os 10K com sucesso. “Eu senti que eu perdi algumas medidas. Mas só um pouquinho, até porque eu sou meio desobediente”, brincou. “Agora o cuidado é fazer a prova bem e realmente se superar na prova. Mantendo esse ritmo naturalmente a gordura vai embora”, garante a nutricionista Mariana Ravellis. O único cuidado dela é com o calcanhar esquerdo, ainda se recuperando de lesões antigas.

Entre desafios e conquintas, as quatro participantes seguem na luta pela linha de chegada da K21 Maresias. Será que elas vão conseguir?  O próximo episódio do Encontro de Gerações vai ao ar na próxima terça-feira, às 8h, no site do Superação Einstein e da EspnW. Fique de olho!

 

Fonte: Hospital Israelita Albert Einstein